Slides

O tutor desta aula não fez uso de slides em sua apresentação.

Pequeno Círculo

Abaixo você encontra o material complementar a esta aula para provocar as discussões no Pequeno Círculo.

Feedback

Envie seu feedback sobre esta aula para a equipe do Círculo. Clique aqui.

Material Complementar da Aula

Exoconsciência cria uma encruzilhada de propósitos

Algumas vezes, como contatados, ficamos em nosso mundo e só falamos aquilo que queremos ouvir e descartamos aquilo que não queremos.

Convidamos a Rebecca Hardcastle para um bate papo sobre exoconsciência. Ela e seu marido, Perry, estiveram conosco durante o mês de agosto para o I Congresso Internacional do Círculo e puderam compartilhar toda sua experiência em torno do tema.

Nessa entrevista, concedida ao Juliano, Rebecca quebra paradigmas e deixa claro que o melhor ainda está por vir!

O que fazer depois do contato?

Essa é uma pergunta que todo contatado se faz (ou deveria fazer). O que fazer a partir do contato? É esperada uma mudança significativa de comportamento do humano exoconsciente na direção de um novo caminho. Mas que caminho seria esse? Certamente faz parte de um projeto único.

Cada passo que nós, humanos exoconscientes (ou contatados), damos juntos, é o que realmente vai definir que destino é esse, e qual é essa direção que devemos tomar. Isso nos dá autonomia e responsabilidade no trilhar do processo. É maior que nós, parte de nós e está no meio de nós.

Ci6 – Contatos Imediatos de 6º grau

Os Ci6 redefinirão quem nós pensamos que somos como humanos. Isso pode ser uma das primeiras propostas do contato humano, extraterrestre e multidimensional, mas para seguir em frente precisamos ter isso em mente. Devemos expandir a nossa visão de quem somos no cosmos e não apenas seres terrestres. Tanto os ET’s quando os seres multidimensionais estão esperando essa integração para irmos além das barreiras físicas de espaço e trabalho.

Fazemos parte de uma comunidade cósmica e isso precisa estar correndo em nossas veias, como o sangue que nos mantém vivos.

Por mais que não saibamos para onde estamos indo e que o futuro pareça super nublado, temos certeza de que devemos seguir caminhando. É o tal do efeito borboleta: todas as vezes que damos um passo na direção da mudança, alteramos toda a equação final.

Cocriação

Este é o momento de aprender com a prática. Ainda não temos exemplos de como co-criar com esses seres, então é por a mão na massa e fazer junto, aprendendo com a jornada.

Outro ponto importante é sobre deixar o canal de comunicação aberto para essa co-criação. Por exemplo: estou executando um trabalho X e me coloco à disposição para que esses seres atuem comigo e interfiram através de mim para que o resultado esteja mais alinhado com as propostas de transição.

Devemos dar abertura para esses seres trabalharem conosco todo o tempo. Nós estamos nos estágios iniciais, entendendo como essa parceria vai funcionar. Tem gente se comunicando e co-criando através das artes, outros desenvolvendo tecnologias. Não importa o quê, nem onde, mas com a certeza de que podemos realizar em parceria, independente da área de atuação.

A importância do grupo para o contatado

A primeira coisa é que você deixa de se sentir um estranho no ninho e não precisa mais negar sua experiência. É possível compartilhar com os membros aquilo que sente, o que viveu, a experiência, sem ser julgado por isso, sem parecer alheio a tudo e todos.

O segundo ponto é a energia exponencial que existe por pertencer àquele grupo. Pensamentos que passariam pela sua cabeça apenas como flashes, ganham verdadeiro potencial quando se está em uma comunidade. Os membros são grandes influenciadores uns dos outros. Porque estamos em comunidade, temos influências importantes, sustentando-nos com amor. Daí a importância de fazer parte dos Pequenos Círculos.

Porque estamos em contato constante com os ET’s, estamos em constante processo de autoconhecimento para descobrir o que isso significa e isso muda o propósito de viver.

Nós somos todos parte do mesmo projeto! Não há competição entre os grupos que experimentam o contato e devemos, sim, nos integrar e trabalhar juntos!

Não há mais dúvidas, nem julgamentos. Uma de nossas missões é divulgar cada vez mais a exoconsciência para que nenhum contatado fique de fora, se sinta isolado, perdido ou sem apoio. Sabemos do poder essas ideias, sabemos do poder da exoconsciência dentro de cada um de nós.

O projeto é um só!

Curtiu a aula?

Já imaginou ter uma dessa por semana e ainda fazer parte de um movimento de pessoas em rede, com foco na transformação do nosso mundo, a partir da transformação de si mesmas?

QUERO FAZER PARTE DO CÍRCULO

Join the discussion 3 Comments

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.