Carrinho

Vamos combinar… eu não sou, assim, uma pessoa especial. Não estou aqui como o iluminado para dizer assim: “Olha, eu recebi do céu uma mensagem, quero passar para você! O que eu tenho para te dizer vai mudar sua vida!” Não, não vai mudar! Nada disso!

Sou uma pessoa comum, simples. Mano, eu tenho meus problemas, minhas dificuldades, minhas projeções, minhas crises, meus medos, minhas culpas. Meus dias de chuva e meus dias de sol. Dias pra chorar, dias pra sorrir… Dias em que eu ganho, dias em que eu perco… Quem não? Quem nunca? E, posso te falar uma coisa, na real? Isso é que é o legal. Entende?

Porque sou um ser humano em construção! E você também! Você e eu! Todos nós! Se você tem um guru, uma pessoa perfeita, um profeta, um iluminado… Essa pessoa está num patamar que não é o chão onde a gente pisa. A gente pisa o mesmo chão. Nós todos pisamos o mesmo chão. E temos a mesma realidade, as mesmas dificuldades, os mesmos dramas, os mesmos conflitos. E aí é que é legal. Uma pessoa perfeita não serve pra nada neste mundo. Nós somos um grupo de pessoas em construção e o que nos inspira é o exemplo que parte daquele que é igual a nós. Quando você tem uma pessoa que é de verdade, como você… passando, ou vivenciando, o poder transformador que o conhecimento traz… Isso faz todo sentido, e fica palpável, ao seu alcance!

Deixa eu te contar uma história meio confissão agora. Vamos à história de como eu cheguei até aqui. Eu estava numa puta crise!!! (Pessoa que já começa a ser franca de cara…Fez toda uma introdução retórica linda pra poder falar na real logo…risos). Cara, eu estava na maior crise existencial, sem saber de onde vinha e nem para onde ia. Eu sempre trabalhei com criatividade… como diretor criativo, o trabalho ia legal… mas espiritualmente estava uma tragédia! Eu já tinha batido pernas pra todo lado… pra te falar a verdade fui expulso de escolas iniciáticas à igrejas (risos). Bem, coisas da agenda de quem não consegue caber na caixinha. Tive vivências paranormais ou metafísicas riquíssimas na minha adolescência, aliás, comecei a me desenvolver neste sentido com 14 anos, mas neste ponto da minha vida especificamente, eu estava puto com Deus. Eu olhava ao meu redor e pensava: Ou esse cara é um péssimo administrador ou ele simplesmente não existe. Esse é o tipo de frase que cabe bem ao momento atual, certo?

Aliás, tem muita gente que vira pra mim hoje e diz: “Eu não acredito em Deus”, e eu respondo: “Eu também não”, porque esse modelo conceitual de um cara de barba láaaa em cima e nós aqui em baixo é no mínimo infantil. É tipo pré-escola da vida. O TODO é muito mais do que podemos sequer imaginar. E aqui no Círculo a gente fala muito disso…

Bom, em meio a essas e outras crises eu comecei a me envolver com documentários… Enveredei a produzir todos os programas que talvez você conheça. São centenas de programas abertos no canal no YouTube do Círculo. Mais de 100 aulas na plataforma. Documentários, Palestras e vídeoaulas… A construção desse conhecimento foi me mostrando que é possível encontrar um caminho diferente de tudo o que eu já tinha tentado. Que era possível, como dizia o jornalista Saulo Gomes, ser UM LIVRE PENSADOR ESPIRITUALIZADO.

Esse caminho tem um nome aqui no Círculo. A gente chama de: Autonomia Filosófica. Sabe o que é isso? É o pensamento livre. É um pensamento independente, um pensamento que você vai buscar as respostas. E aí você não precisa, necessariamente, seguir uma única linha, simplesmente porque não faz sentido seguir uma única linha. É como a pessoa que vai almoçar num buffet e escolhe comer só jiló. 

“Sabe o que é, é que eu amo Jiló”
“Sou devoto do jiló”
“Eu defendo a pureza do jiló”
“Só jiló me basta”
“Mas tem tudo isso aqui que você pode comer, essa variedade incrível de sabores, texturas, valores nutricionais…”
“Não, não tentarás o senhor Deus do jiló. O jiló é meu pastor e nada me faltará”.

Dá-me paciência! É a turma do Unidos do Jiló! (risos)

O teólogo Leonardo Boff tem um pensamento que eu gosto tanto: Cada ponto de vida é a vista de um ponto! Você vai passeando por todas as linhas do conhecimento. Por cada ponto de vista experiencial, e aí você percebe a riqueza do que a gente poderia chamar, talvez, de “verdade”. Quando você começa a perceber isso… você começa a criar independência, autonomia… Se torna uma pessoa consciente, coerente e auto regulada. De maneira que a sua força interior não fique baseada em uma liderança…em um movimento ou em uma escola iniciática apenas.

A sua força interior é fruto da sua liberdade interior! 

E a liberdade é fruto do conhecimento. O ignorante é escravo da própria ignorância que lhe impõe medos paralisantes e culpas amargurantes.

O conhecimento te traz liberdade de olhar para os diversos saberes da humanidade, e começar a trazer para dentro da sua vida aquilo que faz sentido naquele momento. E esse sentido te leva ainda mais a liberdade. Porque Liberdade e Conhecimento se retroalimentam.  Quanto mais liberdade eu me dou para conhecer, mais conhecimento tenho para ser realmente livre. “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”. É tão simples quanto isso.

Aconteceu comigo e pode acontecer com você também. A medida que eu fui avançando nos estudos eu fui transmutando os meus estados mentais, das crises para a serenidade, do medo e da insegurança para a confiança, da limitação institucional a autonomia de pensamento, da manipulação religiosa a liberdade espiritual. Hoje me sinto muito bem, tenho prazer em viver e realizar, sou livre para amar sem medida e trabalhar dia a dia na minha missão de vida, que é justamente impulsionar esse momento de transição, levando o conhecimento integral para o ser integral, priorizando a perfeita harmonia para muito além dos limites da realidade onde nos contemos.

Por isso, quando eu digo que os conteúdos que nós estamos compartilhando e que nós vamos compartilhar no Workshop de Cocriação do Círculo têm um poder transformador,  eu estou partindo do ponto de vista da minha experiência pessoal e da minha transformação pessoal. Quer saber mais? Participe do nosso Workshop Online sobre Cocriação. É só clicar e se inscrever!

https://workshop.circulo.site/

Juliano Pozati

Autor Juliano Pozati

JULIANO POZATI É ESCRITOR, DOCUMENTARISTA E ENTUSIASTA DE NOVAS IDEIAS QUE INSPIREM A SUPERAÇÃO DE PARADIGMAS OBSOLETOS NAS ÁREAS DE CIÊNCIA, FILOSOFIA, ESPIRITUALIDADE E EXOCONSCIÊNCIA.

Mais posts de Juliano Pozati

Participe da conversa Um comentário

  • gabipaku disse:

    Rsrsrs… o simples que tudo emana. Tá ótimo o workshop , para os que dá nó na cabeça … só deixar o ego e fluir .. não é sobre acertar e sim sobre ACEITAR . Te amo irmão .

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.