Carrinho

O campo de força tão falado pelos apômetras – quem trabalha com apometria – é uma estrutura geométrica formada pelo indivíduo e/ou indivíduos que conseguem controlar, de forma consciente, a sua força mental e a direcionam para a construção dessa estrutura. O campo de força serve de defesa, contenção e também de anteparo energético.

Para que você possa entender exatamente o conceito de campo de força e como ele se aplica, é preciso que já tenha lido o artigo anterior: “Somos o que pensamos”.

Basicamente falamos que podemos criar o que quisermos no plano extra físico a partir da nossa força mental. É preciso muito treino, exercício e também trabalhar a nossa educação emocional para nos tornarmos capazes de gerar energia suficiente para a formação de um campo de força eficiente e com uma função.

Na apometria, atualmente, a estrutura mais utilizada para os trabalhos é a pirâmide de base quadrada. Sim! Utilizamos conceitos da geometria tradicional e da sagrada para construir os campos de força, além disso, também são usadas as leis do metalismo e do magnetismo.

Mas saindo do universo técnico, qual é a função de um campo de força?

Basicamente é de criar uma proteção ou um anteparo energético no indivíduo, ambiente de trabalho, automóvel, lar e por aí vai. Qualquer pessoa pode aprender, treinar e criar este anteparo com alguns passos, mas é lógico que essa proteção vai estar diretamente ligada ao seu campo de força mental e emocional, ou seja, a sua qualidade, durabilidade e, consequentemente, a efetividade depende de como está a pessoa emocionalmente. Por exemplo: se você estiver com raiva, mágoa triste ou desejando vingança o seu campo de força não terá a mesma “qualidade” do que se você criá-lo com a energia do amor, mentalizando paz e proteção. Entende a diferença? A regra é o amor!

Imagino que você esteja se perguntando se, uma vez criado o campo de força, ele te protegerá de qualquer acesso externo, ataque ou processo obsessivo.

A resposta é não! O campo de força nada mais é do que um quantum de proteção (você se lembra do artigo anterior?), de força X, criado por você ou alguém que conhece o processo. Se for confrontado por uma força “X+1”, ele vai se romper.

O campo de força funciona como um anteparo ou um para-choque e pode atenuar o impacto de fontes externas que você venha a receber, servindo de proteção, como se fosse um capacete ou uma armadura.

Não é preciso ser espírita, umbandista, mandingueiro para criar um campo de força, nem pertencer a nenhuma religião, centro, igreja ou egrégora.  Ele vai se utilizar da sua força mental, da energia cósmica (fluído cósmico universal) e do seu próprio bioplasma (energia vital).

Se você quiser aprender mais formação de campo de força estude alguns conceitos da apometria. #ficadica

Em breve teremos mais sobre a matéria aqui no Círculo.

Fábio Nasa

Autor Fábio Nasa

Mais posts de Fábio Nasa

Participe da conversa 6 Comentários

  • Yves Matos disse:

    Ontem mesmo eu procurei uma aula sobre apometria aqui no Circulo. Coincidências?! rs

  • gabipaku disse:

    O simples que tudo emana! Sem mística e com realidade , adorei Fabio.

  • julia.plcastello disse:

    Bom dia. Eu li um pouquinho sobre apometria (e confesso, não conhecia o tema) e encontrei um tutorial do próprio Fabio Nasa sobre campos de força. Depois que eu realizei o tutorial fiquei com um questionamento. A pirâmide e a sua base quadrada é que são responsáveis na técnica por ajudar na sustentação do campo de força? Isso pela canalização da energia proveniente do centro da terra? Seria possível talvez, numa técnica avançada de transferência de energia, transferi-la para objetos? Pq se forem, talvez esteja aí a razão pq podemos observar tantas construções piramidais ao redor do mundo. As antigas civilizações talvez tivessem conhecimento do tema. E nem tão antigas assim né! Haja vista o obelisco de Washington. Antecipadamente eu peço desculpas se estiver falando besteira rss Eu não conhecia o tema e fiquei curiosa.

  • rabcamargo disse:

    Fábio, certa vez, em desdobramento, quando eu estava sofrendo mais ataque espiritual do que de costume, eu me vi ao lado de um amparador/guardião que demonstrou o quão era resistente o campo de força criado para me proteger. Ele fez eu voltar ao corpo e me lembrar da explicação. Realmente me ajudou a ter mais confiança na proteção dos seres de luz. Desde então, pela manhã, depois de rezar a oração de São Francisco de Assis, mentalizo uma pirâmide de luz dourada envolvendo minha casa. Tento sintonizar com a energia da falange deste Mestre. Sinto que esta energia dourada está repleta de amor, sabedoria, proteção. E digo para mim e pra Ele: “Senhor, fazei de mim, o instrumento de Vossa Paz!”. Que assim seja!

  • alicia.ayala disse:

    ??‍???

  • lucasacw disse:

    De fato, vale muito a pena criar campos de força, principalmente em reuniões mediúnicas para que não se venha a ter possíveis interferências indesejáveis. E quanto mais pessoas, caso se esteja em grupo, fortalecendo esse campo, melhor. =)

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.