Um caminho para terapeutas e coaches

terapeutas

Integrar todas as dimensões do ser humano, incluindo a espiritual, é essencial no trabalho de terapeutas para contribuir no desenvolvimento de potencialidades.

Hoje quero falar mais diretamente com uma turma apaixonada pelo ser humano e por desenvolver seus potenciais: coaches, psicólogos, terapeutas de toda ordem holística (reiki, constelação, barras de access, terapias corporais, astrólogos, etc…). São profissionais que atuam com ferramentas para fornecer clareza aos seus clientes, e isso costuma passar por todas as dimensões do ser. Quem tem clareza, tem autonomia e, muitas vezes, isso passa pela dimensão espiritual.

Tenho estudado a área da Psicologia Positiva, que busca atuar e desenvolver nossas potencialidades, investir em pontos fortes, talentos naturais. O que é muito óbvio, mas não fazemos muito isso. Normalmente, buscamos melhorar aqueles pontos em que não somos bons ou que temos “falhas”. Mas nossa combinação de talentos e habilidades naturais é o que faz de nós seres humanos únicos. Isso está muito alinhado ao trabalho de profissionais da área de desenvolvimento humano, cultivadores desses potenciais e habilidades.

Observo que, cada vez mais, essa turma se conecta com a vibe do Círculo e me sinto na responsabilidade também de colaborar.  Trago como base o protocolo de qualidade de vida da Organização Mundial da Saúde para falar de um ponto de integração do domínio espiritual e filosófico para dentro dos trabalhos desses profissionais.

A OMS já percebeu que, mais do que cuidar de doença, é preciso promover a saúde. E, ao começar a medir isso, entendeu que a harmonia nasce dessas seis dimensões: biológica; psicológica; social; ambiental; funcional e espiritual.

A espiritualidade foi incluída nas dimensões. Até porque a quantidade de estudos já publicados sobre os efeitos que terapias holísticas, espiritualidade e oração geram no sentido de cura espontânea e autorregeneração, é inegável!

E aqui tem um ponto chave para quem atua com desenvolvimento humano.

No fundo, não sabemos lidar com a espiritualidade, porque é um aspecto muito particular. Mas, e se tivermos técnicas para sermos facilitadores?

Quando digo facilitador não estou falando em manipular nem teatralizar experiências. Estou falando que temos recursos suficientes hoje para estabelecer a conexão para que nosso cliente tenha a possibilidade de descobrir por si mesmo a realidade da dimensão espiritual, a interação dessa dimensão com todos os demais aspectos da vida e a gerência dessa dimensão no dia a dia prático na vida dele.

Partindo do ponto de vista filosófico, quando trago para a mente a clareza da essência espiritual e a coloco para conversar com as demais dimensões da vida, eu encontro um eixo. Quando aporto esse saber integral para o eixo da vida, vou desenhando equilíbrio e desenvolvendo condições para avançar e realizar o potencial dos indivíduos.

Não é outra coisa senão o princípio de correspondência na prática. Organizo minha vida a partir das dimensões que eu compreendo que se entrelaçam.  

Fomos treinados por uma escola que segue uma linha industrial a separa as coisas como se fôssemos uma linha de montagem. Mas se a gente não considerar o ser humano todo ficamos com clareza em apenas uma dessas áreas e com as outras na sombra. E é muito interessante observar que as metodologias do processo de coaching passam por clareza, por colaborar para que o sujeito se mova de um ponto A para um ponto B. Isso é realização!

Nosso processo educativo forma profissionais, mas não forma seres humanos. Existe um gap educacional que ao longo da vida faz com que os indivíduos comecem a buscar respostas.

Nosso sistema passa pelo tripé: escola, religião e família. E, não raras vezes, a pessoa vai colapsar dentro da religião também, porque encontra a mesma sistemática de competição do mercado de trabalho.

A questão é a tal da separação das caixinhas. Por isso, vejo que nossa função aqui no Círculo é preencher esse gap da vida humana, é ocupar essa lacuna de educação metafisica orientada para o equilíbrio de todas as dimensões. Assim, entendemos a real utilização da noção de exoconsciência para terapeutas, coaches, psicólogos, entre outros.

Abraço grande,

Sempre avanti! Che questo è lá cosa piú importante!

Juliano Pozati


Todos os dias às 11:11 tem encontro ao vivo com o Juliano no YouTube com conteúdos como este para colaborar com seu potencial. Acompanhe!

PARA ALUNOS: Para saber mais sobre pesquisas médicas sobre os efeitos que a prática da espiritualidade tem sobre cura de doenças, veja a aula de Integração de Saberes

Respostas