foi adicionado ao seu carrinho de compras.

Carrinho

O corpo causal, também conhecido como mental superior ou manas superior é construído, através das existências multimilenares, com um material especial: a essência de tudo o que de mais puro e belo o homem enviar para sua consciência – e só isso!

Cada vez que vibramos um pensamento ou sentimento elevado, uma cor definida se acrescenta à substância desse veículo a seu aspecto. No ser evoluído, é de uma beleza celestial, pois se constitui de nuances brilhantes e radiosas de cores delicadas.

Arthur E. Powell, em O corpo causal e o ego, da editora Pensamento, nos explica:

“Embora, no curso de sua evolução nos mundos inferiores, o homem – com frequência – introduza em seus veículos qualidades indesejáveis e inteiramente impróprias para sua vida como ego (…), nenhuma delas pode ser expressa no corpo causal.”

“Podemos pensar em todas as experiências do homem como passando através de uma peneira ou crivo. Só o que é bom passará, e o que é mau será deixado, rejeitado. Nisso – o verdadeiro mecanismo pelo qual o corpo causal é construído – estão não só a esperança do homem, mas a certeza do seu triunfo final. Embora nenhum mal possa ser armazenado no corpo causal, ele, contudo, é estocado nos veículos inferiores”.

O corpo causal é a fonte de nossa conexão com a mente divina e, por isso, é responsável por canalizar o que chamamos de intuição pura: o conhecimento real e instantâneo, global, sem passar pelos laboriosos processos do intelecto. O famoso sexto sentido que será muito desenvolvido na era de aquário. Pietro Ubaldi conta detalhes sobre isso em A Grande Síntese.

Pouquíssimas pessoas têm acesso a ele conscientemente, como Arthur ressalta no trecho abaixo:

“No presente estágio da evolução humana, raramente o manas superior se manifesta.
Lampejos ocasionais dele são o que nós chamamos de gênio verdadeiro (…). Para um homem ainda ligado ao corpo físico, mover-se com integral consciência no corpo mental, seja o inferior ou o superior, é preciso que seja um adepto ou um de seus discípulos “iniciados” (…) presentemente. A maior parte das pessoas mal é consciente no corpo causal”.

Nada que seja desequilibrado, sem harmonia, nenhum trauma, lesão, enfermidade ou patologia pode alojar-se nesse corpo luminoso. Resumindo: nada que seja imperfeito. É uma questão de vibração. Nada que não seja de sua própria frequência divina tem acesso a esse nível do nosso eu real.

Iasmine Pereira

Quem escreveu Iasmine Pereira

Jornalista, bruxona e Coordenadora de Comunicação da Pozati Filmes, Iasmine é parte do time do Círculo, uma galera que literalmente "sees dead people".

Mais posts de Iasmine Pereira

Faça seu comentário abaixo!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WhatsApp chat