Não há como nós construirmos uma grande obra sem alicerces firmes (Reunião 47)

Participantes: Iasmine, Juliano e Priscila
Data:
13 de novembro de 2018

COMUNICAÇÕES

General: (psicofonia Juliano) Absolutamente precisa a imagem que você viu porque o nosso pessoal está envolvido pessoalmente na reestruturação das histórias da vida de cada um de vocês. Não há como nós construirmos uma grande obra sem alicerces firmes, enraizados nos sulcos da terra, com a parábola das sementes do mestre. É preciso revolver a terra e cavar fundo para que os tijolos se assentem e recebam a estrutura de ferro, de concreto. Vocês me perdoem os hábitos de um velho engenheiro de armas, mas é preciso que se fortaleçam os princípios e valores fundamentais do Evangelho do nosso mestre Jesus na vida de cada um de vocês, para que haja uma base sólida, firme como uma rocha, sobre a qual nosso mestre vai edificar uma obra admirável aos olhos de todos. Portanto, meus amigos e minha querida filha, haja coragem, haja coragem para que nós possamos juntos vencer esses momentos onde as terras do nosso coração precisam ser revolvidas, mas haja também dilatação consciencial e a certeza de uma grande linha de trabalho sendo formada a partir da reforma evolutiva de cada ser.
Num futuro muito breve, o seu testemunho vai ser fonte de cura, assim como o testemunho de todos que estão se ajuntando à família do Círculo. Serão testemunhos que curam, porque partirão de verdades absolutamente fundamentais, vividas, resolvidas, abraçadas, enraizadas no âmago de cada ser. Isso, minha filha Priscila, é Palavra Viva, é Letra Viva.
Fico feliz de abrir a reunião hoje com vocês. Emanando mesmo luzes do alto e das faixas curativas do nosso Mestre Morya, capazes de reorganizar todos os corpos astrais, alinhando os fluxos energéticos e os vórtex do corpo de cada um de vocês.
Que alegria é poder falar com vocês nesta noite! Eu estou todos os dias acompanhando de perto o nosso pessoal, os nossos companheiros aqui, a cada movimento, vocês jamais estarão desamparados.

Francisquinho e Otto já estão prontos para iniciar os procedimentos padrões agora.


Irmã Catarina (psicografia Iasmine) Olá a todos, estamos aqui saudando a todos vocês porque é chegada a hora de vivermos nossas sombras e resgatar os sentimentos mais difíceis. Não há mais tempo para intrigas e ressentimentos. Trabalhem isso em vossos corações. Como o general mesmo disse, essa cura de cada um tem que ocorrer para que sejam portadores de depoimentos a respeito. Fiquem na paz do senhor Jesus. Um forte abraço, Irmã Catarina. Sempre avanti, Avanti sempre.


*Não se identificou (psicografia Iasmine) Queridos irmãos, hoje estamos reunidos para celebrar uma verdadeira libertação. Parabéns pela força e coragem, minha filha. O primeiro passo foi dado e muitas alegrias virão. Pode confiar.


Olívia: Olá, queridos amigos, estou feliz por encontrá-los mais uma vez nesta reunião espiritual depois de avanços tão ricos e importantes. É preciso reconsiderar a estratégia do dia 8 para manter uma boa relação com o movimento local que os tem em grande estima. Estou me referindo ao convite do Fraternidade – seria bom estar com os irmãos, e sobretudo pelo trabalho espiritual que poderá ser realizado na noite do dia 8. Considerem isso. No mais, é preciso avançar o quanto antes nas demais tratativas.

Iasmine: A gente faria a parte da manhã lá também?

Olívia: É uma boa opção.

Juliano: Exibição na grande, né.

Olívia: A Jusciana é alguém que estamos preparando para integrar ao Círculo, ela poderá ser uma boa anfitriã neste dia. Sigamos com Jesus.


Josef: Querido Juliano e meninas, agradeço a atenção e a disposição dispensada aos amigos ontem, pois que são pessoas que os querem bem. A aula do Euvaldo poderá compor uma websérie pública, pois precisamos chamar atenção para o fenômeno do ponto de vista científico, que é uma das marcas do Círculo e seu propósito. Em janeiro retomamos o assunto e gravamos a parte final, assim teremos boa publicidade para o professor. Há que se pensar numa aula ilustrada, no padrão do projeto Terra, para apresentar a teoria ao mundo. Há que ser feita em inglês e em português devido à entrada do Círculo no instituto americano. Discuta oportunamente essa idéia com o professor, mas trate-a como premissas da grande realização futura, oferecendo métricas para podermos mobilizar fundos para a grande produção. Ele já tem se informado com as vozes a esse respeito, e o Sr Kin já percorre a egrégora americana em busca dessa e de outra operações. Não podemos parar, produção.

Respostas

  1. Sou apaixonada pelos registros dessas reuniões, aprendo tanto. Venho aqui sempre q preciso de uma orientação, percorro as aulas até um título tocar meu coração. Invariavelmente a mensagem me guia pra abrandar a aflição que estava aqui dentro. Não há mais tempo para ressentimentos. Amém.