Nós o chamamos Filtro Piramidal-bidirecional (Reunião 15)

Participantes: Priscila, Iasmine e Juliano
Data:
24 de janeiro de 2018

 

COMUNICAÇÕES

Juliano: Estou vendo uma espécie de pirâmide sobre a mesa. Concentrem-se nessa imagem: uma pirâmide levitando sobre a mesa, uma pirâmide incandescente. Parece a mesma pirâmide da semana passada, como um vidro incandescente. É uma espécie de aparelho de sintonia para facilitar a comunicação. Tipo um gadget do General, sabe, de brinde. Então, vamos fixar a imagem dessa pirâmide na nossa mente como catalisadora de energia. Ela vai captando e concentrando energia sobre a prancheta.


Todos: Boa Noite!

Juliano: Boa Noite, Otto

Otto: É importante que vocês aprendam a utilizar o dispositivo de frequência. Todos chegam com a mente a mil na reunião e isso precisa ser mudado. A pirâmide servirá de gatilho mental para produzir em vocês um estado de conexão mais pleno. Emanando energia daqui para a mesa, o dispositivo facilitará o contato mais puro, por assim dizer.

Iasmine: Esse dispositivo faz um chiadinho. bem de leve?

Otto: Em nosso plano, sim. Toda vibração, ainda que luminosa, é também sonora, cara amiga.

Juliano: Otto, esse dispositivo tem um nome que a gente possa saber?

Otto: Nós o chamamos “filtro piramidal-bidirecional”.

Juliano: Pelo visto é não só para melhorar a sintonia. Também dá uma filtrada no nosso pensamento para manter o foco.

Iasmine: Um filtro de limpeza? Foca e mentaliza que ele vai te ajudar a manter a mente limpa e conectada?

Juliano: Eu percebo nitidamente a presença dessa pirâmide em cima de nós.

Iasmine: Eu sempre vejo uma pirâmide com a gente.

Juliano: Eu nunca vi, mas estou vendo e sentindo… e uma sensação que eu conheço bem, a sensação da pirâmide.

Iasmine: Estou com muito, muito calor.

Juliano: É que está muito calor! (risos)

Iasmine: Não, é um calor de dentro para fora. Minha mão está quente, pegando fogo. E eu tive um encontro com a Érica, desdobramento.

Juliano: Que bom.

Iasmine: E a abracei, foi muito emocionante o abraço! Projetei amor, amor, amor…


Olívia: Meus queridos, gostaria de enfatizar o que a Pri disse há pouco – releiam periodicamente as transcrições. Escolham uma data mensal, mas não deixem de dar o devido valor às pérolas de luz que se derramam nessa mesa toda semana.


Juliano: Estou vendo pessoas sentadas nessas duas cadeiras da frente e, quando fecho os olhos e abro de relance, consigo perceber o contorno delas nessas “pipoquinhas” que flutuam no escuro, sabe? Essas “pipoquinhas” que ficam tipo chiado no ar? Com o esquema do cara de ontem.

Iasmine: Eu não vejo pipoquinhas no escuro. (risos)

Juliano: Você não vê pipoquinhas no escuro? (risos)


*Não se identificou: Boa Noite.

Juliano: Oi, querida. Tudo bem? Nosso anjo da guarda.

*Não se identificou: Estive trabalhando e muito para que tudo se consolide o quanto antes. Suas orações e canções entoadas a partir do coração constituem verdadeira fonte de recursos energéticos e espirituais para os quais eu e nossos companheiros aqui podemos dispor. Por isso, orem e vigiem vossos pensamentos, sempre.

Juliano: Senti que ela cuidou no negócio da SPHair pessoalmente essa semana*. Enquanto ela estava falando das orações me veio muito forte o rosto do René. Senti que ela sabe, interferiu.


Juliano: Desenho para Euvaldo, pelo jeito.

Juliano: Joseph, és tu, meu querido?

Joseph: Desculpem o mau jeito, mas esse recado é para o nosso querido professor Pardal.*

Juliano: Obrigado!


Otto assina terminando a reunião.

COMENTÁRIOS

  • Até onde pudemos perceber, o Filtro Piramidal-Bidirecional atual como um signo sinal no plano mental, catalisando a força da nossa mente e potencializando a entrada da energia cósmica/criativa na reunião.
  • A recomendação feita pela Olívia nesta reunião foi o que nos motivou a publicar semanalmente o diário espiritual no Círculo: “Não deixem de dar o devido valor às pérolas de luz que se derramam nessa mesa toda semana.”
  • Joseph escreve novos símbolos, enigmáticos para nós, para que tinham um destinatário certo: Professor Euvaldo Cabral Júnior. Mais uma vez, Joseph aperfeiçoa ou cita símbolos criados pelo Professor em seu trabalho e que nunca vieram a público, constituindo parte de seu acervo pessoal de reflexões e pesquisas. A interação nos ajudou muito a confiar no fenômeno que vivíamos toda semana.

Respostas