O que sentimos é determinado pela forma como vivemos a caminhada (Reunião 43)

Participantes: Fernanda, Iasmine, Juliano e Priscila
Data:
16 de outubro de 2018

COMUNICAÇÕES

*Não se identificou: (psicografia Iasmine) Boa noite, queridos irmãos, queremos saudá-los neste dia de hoje. Tamanha é a nossa emoção de estar com vocês e participar desse projeto. Estamos com vocês em todos os momentos de suas vidas. Não vos preocupeis, novos membros estão a caminho em breve.


Otto: Boa noite, amigos! Tenham em mente que o viajante de longas distâncias sempre sofre as ansiedades da ida e a agilidade da volta. O caminho é o mesmo, mas o que sentimos é determinado pela forma como vivemos a caminhada. Tudo está bem e só melhorará, pois o poder mental de vocês aliado à convicção sincera do coração é o que pavimentará a trilha do realizar. Com Cristo seguiremos juntos para este dia.


Élida: Ju, é hora de fazer barulho novamente. Vamos avante, meu querido, pois temos que avançar. O mundo precisa do Círculo, e cavar o alicerce às vezes é ingrato. Mas, quando as primeiras estruturas se projetam no horizonte, sabemos que o edifício será uma realidade. Confiem, mas realizem! O primeiro passo será sempre o de vocês sobre as ondas – se caminharão sobre as águas ou se o mar se dividirá, o universo lhes dará o melhor, mas o primeiro passo é de vocês. Beijos no coração

Iasmine: Veio uma ideia de fazermos um e-mail convite para as pessoas que foram no exoconsciência e que não são do Círculo, para que conheçam a plataforma.


Juliano: Pri, tudo bem? Algo que queira compartilhar?

Priscila: A sensação que tenho é a de que não estou sentindo muita coisa. Geralmente, entro em 4ª dimensão, mas hoje parece que não achei a frequência, sabe.


Juliano: Fefa, tudo bem? Algo que queira compartilhar?

Fernanda: Veio uma imagem de uma pessoa que nunca tinha visto. Depois de um tempo, comecei a sentir a energia rodando em círculo – a energia da egrégora.


Priscila: Achei que era a Olívia falando, não a Élida.

Juliano: É que tem mais uma vibração feminina curiosa aqui hoje, vamos ver se ela vai querer falar. Antes mesmo de seguirmos, General, peço seu auxílio e patrocínio nessa empreitada para que seu exército estabeleça seu perímetro de luz na casa da Iasmine. Que seus exércitos de luz visitem o novo quarto do casal, o ambiente doméstico, se servindo da energia da vegetação existente ao redor. Purifiquem o ambiente da sala, cozinha, quarto de hóspedes e também banheiro. Tem coisas ali que tem a ver com vínculos mentais. Vejo muito forte um criado mudo, tem um criado lá no seu quarto?


Olívia: Queridos, que alegria para nós foi iniciar a caminhada percorrendo as ruas de Jundiaí, harmonizando com correntes de luz os fios da sincronicidade em prol do nosso encontro. Tenham em mente que este evento é um passo fundamental na história do Círculo. O mais empolgante é que vocês viverão para ver o que tenho dito. Hoje se projeta por linhas desfocadas, ainda tênues, na neblina do tempo… Amanhã será uma realidade visível aos olhos, tangível ao tato, audível nos ouvidos, saborosa ao paladar e transformadora ao espírito.
Como semente da nova vida a se esconder na escuridão do solo, mas que em breve irá romper os limites da terra e brotar na direção do sol. Eu os lembrarei da primeira reunião de prancheta que fizermos em nossa primeira sede juntos. Promessa é dívida. Beijos


Juliano: Está me vindo o nome do Pedro Augusto, amigo do Lorenzo da escola.

Iasmine: Ele tem algo na cabeça?

Juliano: Estou sentindo a fronte também.

Iasmine: Estou vendo ele passar por uma máquina, que ao mesmo identifica e trata o problema, sabe.

Juliano: Eu vi antes um saquinho de líquido, como se fosse soro, para fazer fluir.

Iasmine: Olha que doido, eu vi o Lorenzo adulto ajudando no tratamento.

Juliano: Eu vi ele acompanhando… Estranha sensação de que foi ele que trouxe o Pedro para a reunião, desdobrado. Estou vendo vários Etezinhos trabalhando. Estou sentindo a têmpora, geralmente isso acontece quando a Shellyana está – talvez seja a equipe dela trabalhando.


Juliano: Escreveu “oi, pai e mãe”.

Luzia: Estou feliz pelo nosso final de semana e porque a mamãe me ouviu no sábado à noite. Eu me preparo para chegar. Nossa família, deste lado, tem trabalhado no meu projeto reencarnatório. Não é curioso que hoje vocês comecem na garagem de casa o que será a missão de minha vida? Não acham, tias? Poucos podem ver e ouvir antes do nascimento alguém que virá. Somos hoje poucos, mas no Círculo isso será corriqueiro porque somos Embaixadores da Nova Era da humanidade – Vivemos hoje o paradigma futuro. Jesus os abençoe muito! Nossa disposição é de servir o seu reino. Amo vocês.

Respostas

  1. Que coisa mais íntima e linda! Chorei de emoção ao ler essa mensagem recebida de de alguém amado que está pra chegar! Muito obrigado por compartilhar.