foi adicionado ao seu carrinho de compras.

Carrinho

O contato mental com seres extraterrestres tem deixado muitos sensitivos de cabelos em pé. Mas como entender e confiar nesta experiência, aparentemente nova?

Desde que conheci a Dra. Rebecca Hardcastle Wright, em 2017, tivemos uma conexão muito familiar. Nossa amizade sempre foi leve, marcada por aquela sensação gostosa de que já nos conhecíamos há muito tempo.

Descobri que Rebecca “acessou” a mesma percepção de exoconsciência que eu, e do mesmo jeito. Em uma manhã, pouco antes do despertador tocar, ela se preparava mentalmente para iniciar as atividades intensas que aguardam todas as mães solteiras com quatro crianças para “administrar”. Enquanto sua cabeça ainda repousava sobre o travesseiro, reunindo as forças físicas para inaugurar o dia, “o verbo se fez carne”, segundo me disse. “Foi como se todo o meu corpo, cada célula, cada átomo, bebesse e se nutrisse do significado, da noção consciente e de todos os desdobramentos do termo Exoconsciência”.

No meu caso, foram algumas semanas de “latência interior” até que, no silêncio de uma noite de trabalho, depois que a família toda já estava entregue ao desmaio noturno, a palavra fluiu feito água cristalina em minha mente. De imediato, foi como se eu acessasse simultaneamente todas as consequências e desdobramentos transcendentais que o poder dessa ideia tão simples era capaz de provocar. E o que mais me impressionou foi perceber como todo trabalho que temos feito através no Círculo converge para esse fim.

No movimento espiritualista brasileiro, algumas palavras tem surgido para tentar abraçar o contato mental/mediúnico com seres extraterrestres. Mediunidade Cósmica foi um desses termos felizes. Exoconsciência, em essência, é a noção de que a nossa mediunidade, aspecto orgânico e psíquico natural em todo ser humano, não tem limites espaço-temporais e pode nos colocar em contato mental com civilizações mais avançadas do que a nossa.

Mas há uma diferença fundamental no conceito proposto por Rebecca, que não pode passar despercebido neste momento de transição:

Exoconsciência é a habilidade inata do ser humano de se conectar, comunicar e cocriar com seres extraterrestres e multidimensionais.

No frigir dos ovos, para um espiritualista estudioso e atento à diversidade dos fenômenos mediúnicos, o conceito não traz grandes novidades. A obra Kardequiana estabeleceu as primeiras noções mais elaboradas da habilidade mediúnica natural em todo ser humano em formato de um “manual de evocação dos espíritos”. A pesquisa de Dr. Sérgio Felipe de Oliveira sobre os cristais de apatita e a conexão do corpo humano com a dimensão espiritual, cujo epicentro é a glândula pineal, foi inclusive antevista por André Luiz em sua obra. Kardec, Chico, Hercílio Maes, o grupo experimental de Scole e as pesquisas do Instituto Noético com o fenômeno das vozes eletrônicas (para citar alguns) ratificam: podemos contatar não só espíritos humanos desencarnados, como também seres de outras comunidades do cosmo.

Podemos nos conectar com seres multidimensionais, podemos nos comunicar mentalmente com seres extraterrestres. Até aqui não há novidade. O dínamo da definição da Dra. Hardcastle está no verbo mais curto e de efeito mais amplo: COCRIAR.

Somos participantes de uma ciranda cósmica que nos coloca a par do verdadeiro potencial de nossas mentes: moldar a realidade em que nos contemos. Exoconsciência não tem a ver com venerar, obedecer, divinizar ou aceitar cegamente um comando extraterrestre, mas amadurecer em nós a noção de integração com as diversas dimensões e comunidades do universo, para transformação da nossa realidade. Um ser humano exoconsciente supera constantemente o trauma, o medo, a fragmentação cultural do nosso planeta, e senta-se à mesa com seus irmãos mais velhos na jornada evolutiva, para com eles inspirar-se.

Ninguém realizará por nós o caminho ascensional que nos cabe. Esse é o nosso papel de protagonismo nestes tempos de regeneração. Mas é da lei que, quanto mais evoluído o ser, mais integrado ao TODO. Se mais integrado ao TODO, mais UM com ELE somos. É como escalar para o topo de uma pirâmide, quanto mais se sobe, menor a distância entre as suas faces, porque o topo é UM. A evolução caminha com a união. A unidade caminha com a fraternidade, e a fraternidade entendeu que o PODER maior está na capacidade de realizar, não para si, mas para evolução daqueles que estão na retaguarda evolutiva.

Cocriar é empreender em âmbito multidimensional, em prol da grande transição planetária. Não tem nada a ver com essa bobagem pregada por uma nova “teologia da prosperidade quântica”, que não passa do bom e velho capitalismo selvagem travestido de pseudo-espiritualismo. Cocriar é assumir um papel de maturidade e responsabilidade diante de si mesmo, do outro, do meio e do TODO. Cocriar é decidir-se a realizar o novo, em parceria com todos aqueles que nele já habitam.

Por isso é que no Círculo somos o próximo passo para uma civilização exoconsciente! Uma civilização que entende a exoconsciência, a habilidade inata de se conectar, se comunicar e cocriar com seres multidimensionais e extraterrestres, como ferramenta de empreendedorismo e transformação do mundo como o conhecemos, em um mundo bem melhor. Este é o nosso jeito de fazer as coisas. O nosso modus operandi pressupõe contato direto e parceria constante com as equipes multidimensionais e extraterrestres, para conquista dos objetivos comuns a todos nós.

Como eu sei que não estamos viajando na maionese? Pela consistência manifesta ao longo do tempo! Eis o tema da aula desta semana, e a resposta para esta pergunta. Abraço grande, sempre avanti!

“Em verdade, nada disso se nos afigura absurdo, a não ser que queiramos impor as nossas próprias limitações à infinita riqueza da realidade universal.”

Gal. Alfredo Moacyr M. Uchôa

Aulas relacionadas no Círculo
Para entender mais o assunto
  • A Fronteira Final [Pocket book]

    R$20,00
  • Médiuns Contatados no Brasil [Pocket book]

    R$20,00
  • Exoconsciência [Pocket book]

    R$20,00
Juliano Pozati

Quem escreveu Juliano Pozati

JULIANO POZATI É ESCRITOR, DOCUMENTARISTA E ENTUSIASTA DE NOVAS IDEIAS QUE INSPIREM A SUPERAÇÃO DE PARADIGMAS OBSOLETOS NAS ÁREAS DE CIÊNCIA, FILOSOFIA, ESPIRITUALIDADE E EXOCONSCIÊNCIA.

Mais posts de Juliano Pozati

Participe da discussão sobre esta aula 5 Comentários

  • Regina Célia Santana Pigosso disse:

    Gratidão por estar neste movimento… Cheguei através da sugestão do Canal Ligthworkes Trabalhadores da Luz…E tive a oportunidade de assistir online o evento da Data Limite .. Parabéns a todo conteúdo, aos organizadores e Palestrante…Mas a Palestra do Juliano foi a que mais tocou em mim… Esse conceito de Exoconsciencia traz a profundamente o que está latente no pulsar das células….E ressoa no Universo… Poder sentir o que faz sentido.. Gratidão enorme a todos deste Movimento..Me sinto pertencer…Me sinto de volta para casa…

  • Ronaldo disse:

    Olha, estou admirado ter essa oportunidade de que, enfim, saber que existem mais pessoas como eu e que buscam a mesma evolução que eu, que não apenas entendem, mas são predispostos a exaurir a respeito desse assunto polêmico e tão mau interpretado pelos “espíritas”, graças ao Todo, Nosso Pai maior, sempre me apresenta oportunidades de evolução tendo acesso a documentários e escritas inteligentes assim. Gostaria muito de fazer parte dos estudos, pois, mesmo sendo o que sou, ainda tenho muito a evoluir e aprender, e também quem sabe somar minhas experiências além 3D, 4D aos que realmente estão abertos nesse discernimento quântico e evolutivo. Parabéns!

  • Leila Maiolo disse:

    Quero ler tudo a respeito.

  • Jose Luciano Filippi Costa disse:

    Valeu meu exoconsciênte amigo …

Faça seu comentário abaixo!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WhatsApp chat