Perfil comportamental e projeto de vida

projeto de vida

Conhecer e acolher seu perfil comportamental é o caminho para equilibrar um projeto de vida em todas as dimensões.

Você tem um projeto de vida? O que é um projeto? Para mim, é um plano detalhado do que você quer realizar. É a materialização da imagem mental que cria o futuro. É um processo de jogar clareza no caminho da realização pessoal. Esse caminho precisa fazer sentido para você, e aqui entra o conhecimento do seu perfil comportamental.

Visto que a realização pessoal se alastra por todas as áreas da sua vida, é necessário também compreender que ela é sua e de mais ninguém. Não é realização parental, da mamãe, do papai, da vovó e nem da titia, muito menos da esposa ou do marido. Um projeto de vida conversa com nossos valores e emerge quando entramos em contato com nosso eixo essencial, que é nossa dimensão espiritual. Antes disso, a busca é apenas por grana ou por agradar alguém.

Os quatro perfis comportamentais

Estudando algumas ferramentas de coaching observei que a gente não entende o nosso perfil comportamental. E acabamos abraçando um caminho que não condiz. Existem quatro perfis traçados por empresas de pesquisa para os departamentos de RH:

  • Executor – é quem faz acontecer, vai fazendo e ajustando no caminho;
  • Comunicador – sai fazendo, falando, fazendo propaganda do projeto, se entusiasma e quer que todo mundo faça também, quer conexão;
  • Analista – mais cartesiano, coloca as coisas na mesa, separa por cores e temas. Menos falador e trator. Analisa o peso de cada coisa. Introspectivo;
  • Planejador – para ele planejar é uma cerimônia, um ritual. Ele vai orquestrar a vida com minucias. Introspectivo.

Cada perfil vai reagir ao projeto de vida de um jeito. E também não somos apenas um deles. Temos tudo isso dentro de nós. Não seja reducionista, perceba suas tendências e não faça profecias, pois essas habilidades não são fixas. Variam de acordo com a fase da vida e maturidade. Tanto que a Solides, empresa que gera esses perfis, sugere que você diga “eu estou mais o perfil X”.

Um antídoto para cada perfil

O fato é que comecei a pensar como cada perfil poderia ter uma espécie de antidoto que equilibrasse esse comportamento. Quando você tem clareza de quem é e os valores que tem, começa a buscar antídotos.

Portanto, esta é minha receita exoconsciente e filosófica, para quem tem noção de sua multidimensionalidade, e para cada perfil no que tange ao projeto de vida:

  • Executor –  “Planejar é criar o futuro desejado”, frase do teórico americano Russell Ackoff. Pare e olhe para você. A sua cabeça é que manda no seu corpo. Quem tem clareza de projeto mobiliza energias que multiplicam para a construção do futuro desejado;
  • Comunicador – “Honre cada palavra com a sua prática e contemple as suas consequências”. Isso é se fazer responsável e cocriador das consequências, a partir de um compromisso verbal. E ao honrar, descobrir que a comunicação mais poderosa é a não verbal, porque ela nasce da ação;
  • Analista – “Espiritualidade e transcendência precisam fazer parte da sua equação”. E você precisa colocar nessa equação a variável de que algumas coisas estão fora do seu controle e da sua objetividade;
  • Planejador –  “O vento sopra onde quer e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito”, frase de Jesus para Nicodemos. A imprevisibilidade é parte da vida, um fator que precisa ser abraçado.

Em resumo, nessa dimensão em que vivemos, apesar de sentirmos os efeitos de tudo, às vezes não teremos a clareza sobre todas as causas. E nem precisamos. O que precisamos é de atitude para transformar os efeitos em causas e resultados melhores.

Abraço grande,

Sempre avanti! Che questo è lá cosa piú importante!

Juliano Pozati


PARA ALUNOS – Quer saber mais sobre perfis comportamentais? Dia 29/10 o Juliano vai fazer uma palestra inédita apenas para alunos do [Exo]Realização, via Zoom, com o tema Oráculo de Delphos 2020.

Respostas