Slides

Clique aqui para fazer o download dos slides da Aula 2 do Módulo Apocalipse segundo o Espiritismo.

Material de Apoio

O material de apoio para discussão nos Pequenos Círculos agora passa a estar disponível logo abaixo. Curtiu? Deixa seu feedback nos comentários.

Áudio

Ouça o áudio desta aula.
Clique aqui.

Material Complementar da Aula

Jesus revelado a mediunidade de João e as 7 cartas às igrejas

Quem é Jesus e o que ele tem a dizer sobre nós?

Basicamente nessa aula tratamos dos capítulos 1, 2 e 3 do Apocalipse. Esses três capítulos nos permitem fazer uma reflexão em torno da figura de Jesus.

Sabemos que nós somos seres que buscamos o tempo todo algo que vai além, algo que responda às nossas dúvidas, aos nossos anseios. Procuramos uma direção que acalente os nossos corações, nos dando não só conforto mental e emocional, mas também filosófico. Queremos levar a vida com felicidade e também com realização.

Dentro dessa busca, os espiritualistas e pessoas ligadas a esse propósito têm muito acesso a diversos tipos de conhecimento. A internet é um grande shopping de conteúdo espiritualista. Pare e pense na enorme ofertas de conteúdos que indicam caminhos para a evolução só no YouTube. E esse é apenas um dos canais.

Diante de toda essa oferta de conteúdo, você já parou pra pensar quem é Jesus? Será que Jesus está ficando fora de moda?

Nós conhecemos a manifestação histórica de Jesus (esse ser superior) como espírito puro, que se manifesta na carne, na pessoa de um homem, através de todo o que está escrito nos evangelhos. Somente depois de todas essas consequências filosóficas é que são escritas as cartas e epístolas, que aprofundam os desdobramentos dos ensinamentos deixados pelo Mestre. Mas é no livro do Apocalipse que Jesus, como espírito superior, já despido da carne, vai se revelar em sua totalidade para João.

Isso é o grande espanto: o Apocalipse é o livro que vai entregar mediunicamente quem é Jesus!

Estamos falando de um ser tão poderoso que apenas a sua “presença” causa espanto e “terror”. João descreve o magnetismo de Jesus através de vários símbolos. Por exemplo: “cai João de joelhos, assim como caem os 24 espíritos superiores que cercam Jesus”. Ele está falando aqui sobre a reverência que fizeram diante de tão estonteante acontecimento. É sobre admiração, sobre reverência, não de forma ditatorial, mas sim pela sedução do amor manifesto, da grandeza desse ser. Jesus é um espírito que está plenamente mergulhado nos ensinamentos de Deus e em conexão direta com o Pai.

Ele já não é mais o filho do carpinteiro, o pregador etc. Agora ele se mostra de fato como é, com todo o seu amor manifesto, com todo o seu poder de protetor do planeta Terra. Jesus é um dos espíritos que ajuda a formar o planeta Terra e volta depois de alguns milênios para nos ajudar nesse processo. Disponibilizando a possibilidade de expansão, de crescimento.

O investimento de Jesus pressupõe o resultado de alcançar a transição planetária.

As 7 cartaz às Igrejas

As 7 cartas à Igreja deflagram os nossos méritos e as nossas limitações diante da proposta do evangelho.

Ele começa o Apocalipse já passando uma mensagem que não é apenas para as igrejas, e sim para todos nós!

A grande proposta do apocalipse:

  • Quem recebeu o evangelho de Jesus?
  • O que foi feito após esse contato com o evangelho de Jesus?
  • Quais as consequências filosóficas, morais e espirituais de transformação?

Éfeso

Em sua carta para a Igreja de Éfeso, alguns pontos importantes são levantados sobre o discernimento diante de falsos apóstolos. Sim. Devemos ter a maturidade espiritual de entender aquilo que realmente nos leva à verdade que, por sua vez, é a medida do amor manifesto. Não é qualquer texto ou palavra que traz verdadeiramente a proposta do amor manifesto. Portanto, fiquem atentos!

Além disso, paciência e resiliência foram outros pontos que eles abordam. Manifestar o Evangelho de Jesus ainda é trazer para si cruz e perseguição porque as pessoas aqui da Terra são resistentes a esse tipo de mensagem.

Na eterna busca por informações nos enchemos de conteúdos de diferentes tipos, mas precisamos estar atentos ao conhecimento mais profundo. Não é apenas a informação por si só que importa, mas sim a profundidade e o poder de transformação. Acessar conhecimento te deixa mais perto da verdade e, por consequência, mais perto do amor.

Quando acessamos a verdade, entramos nesse contato direto do amor, e essa é uma grande quebra de paradigmas para nós. Esse amor nos toca, nos transforma, faz de nós seres muito diferentes. Contudo, é importante que estejamos abertos a receber esse tipo de mensagem, dispostos a viver esse amor e colocá-lo em prática todos os dias de nossas vidas.

Esmirna

Igreja Esmirna: é uma igreja muito pobre, o que demonstra a predileção do Cristo por aqueles mais necessitados. Não porque um seria melhor do que o outro, mas sim porque se a fraternidade e a caridade, de fato, reinassem na Terra, não haveria a grande diferença de classes. Esse é mais um dos pontos que nos trazem a reflexão para a transição. É necessário haver uma mudança de comportamento em relação aos nossos irmãos mais necessitados.

Como Kardec mesmo disse: “Fora da caridade não há salvação”.

Pérgamo

Em Pérgamo, Jesus fala sobre o trono de satanás, que pode ser traduzido como lugar de inferioridade, de coisas efêmeras, que não são eternas. Você pode até achar isso pesado, mas vamos refletir? Nós vivemos isso no nosso dia a dia. Temos um trabalho, vivemos e nos relacionamos, muitas vezes, nesse tal trono de satanás, que nada aponta para uma eternidade, mas sim para o aqui e agora.

Sabemos que é difícil para nós convivermos em ambientes que não têm a pauta do amor de Jesus e nos sentimos como peixes fora da água. Ele, com toda a sua presciência já sabia disso e deixou a mensagem para guardarmos o seu nome, que também significa, guardar a direção, o caminho e a orientação que ele nos deixou, mesmo sendo necessário conviver nesse tipo de local.

Tiatira

Em Tiatira ele fala sobre o adultério e a idolatria. Traz um ponto muito interessante sobre como, muitas vezes, pra você entrar no jogo da sociedade, é preciso ir contra os seus princípios. Nessa carta, fica o alerta sobre as nossas ações. Tudo o que se faz na Terra fica guardado no seu espírito e será a sua bagagem.

Sardes

Em Sardes, a igreja vivia para a vida física, mas era morta para a vida espiritual. Ou seja, o institucionalismo fica muito mais importante do que a parte espiritual e de reforma. As pessoas eram tomadas por tarefas cotidianas, de alguma forma ligadas às instituições, mas se esqueciam de viver os aprendizados do Mestre.

Filadélfia

Já em Filadélfia aconteceu uma coisa bem interessante. Era conhecida como uma igreja sem muita expressão, mas que no fundo havia guardado a palavra de Deus. Para Ele, a relevância não importa, mas sim a verdade no coração. Olha como isso é fascinante! Quando a verdade, o conhecimento faz transformações reais, não importa a quantidade de pessoas que se atinja, mas sim o quanto de mudança ocorre naquele povo.

Laodicéia

Laodicéia é o grande tapa na nossa cara. Jesus vai chamá-los de mornos. E podemos considerar que esse é o ser humano medíocre, o que fica em cima do muro, o que não toma partido, nem de um lado, nem de outro. Aquele que não está dentro, nem fora.

Fica aqui a grande reflexão para nós. Muitas vezes, acessamos os conteúdos, mas não fazemos nada com eles. Possuímos o conhecimento, mas não fazemos a reforma íntima, a nossa própria transformação. Nós temos responsabilidade sobre o que aprendemos, sobre o conteúdo acessado. Quem acessa o conhecimento, precisa gerar o movimento e tem responsabilidade diante da transição.

Referências:

Provocações para o pequeno círculo

  • O que eu estou fazendo aqui na Terra?
  • Quais são os meios que tenho me utilizado para conseguir o que eu queria? Eles são os corretos? Há algo que eu poderia mudar e que me traria um bem maior?
  • Eu estou passando por cima de mim e de meus valores para conseguir o que eu anseio?
  • O quanto de conhecimento eu já acessei e coloco em prática no meu dia a dia? Ainda há mais o que fazer?

AULA 2 - Apocalipse segundo o Espiritismo

Juliano Pozati

Tá curtindo estudar no Círculo?

O programa continuado de estudos avançados do Círculo visa impulsionar o seu autoconhecimento e autodesenvolvimento com consistência ao longo do tempo, o que no dia-a-dia se traduz em mais serenidade, confiança, autonomia e liberdade.

Abrimos novas turmas sazonalmente. Cadastre-se no Workshop de Cocriação para participar do nosso programa de iniciação.

QUERO ME CADASTRAR

Participe da conversa 2 Comentários

  • andrea disse:

    Parabens pela aula!! amando…

  • ligiaevangelista2 disse:

    Que arraso de aulas !! Que pegada e que feeling pra tratar de um dos livros mais misteriosos da humanidade . Estou amando . Mas como sempre você levanta a bola e cabe a nós fazer a jogada linda. Espero saber fazer execelente uso de todo esse maravilhoso conteúdo . Grata

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.