Carrinho

Um conto para a nossa alma.
E nada mais.
Para aquecer o coração,
para acolher a simbologia do mito,
pausar o tanto pensar
e dar espaço ao sentir.

Alicia Hultmann Ayala

Autor Alicia Hultmann Ayala

Mais posts de Alicia Hultmann Ayala

Participe da conversa 2 Comentários

  • RICARDO ALMALEH disse:

    Muito lindo. De profundidade ímpar. La vieja projeta sua imagem neste lobo que constrói com esses ossos que recolhe um a um , cada osso uma parte de seu Ser, operando-se ao final a metamorfose quando se dá um ode a liberdade da mulher.

  • Bruna Mariano disse:

    aaaaaaaaah adorei! e esse final super fofo então hahaha :)))

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.