fbpx

Somos deuses e miseráveis

somos deuses

Chegou o momento de educarmos e elevarmos a consciência da miséria das poucas perspectivas para a plenitude do nosso potencial.

Vamos refletir um pouco sobre uma psicografia do Padre Robert DeGrandis, que tem muito a ver com tudo que falamos aqui no Círculo. O texto é extraordinário para o momento que estamos vivendo, tanto evolutivo, quanto como perspectiva. A natureza de Jesus é, de fato, a mesma natureza da humanidade. Jesus é a premissa de tudo aquilo que podemos ser.

Um grande avatar que retorna ao planeta segundo a lei da fraternidade para mostrar o caminho. Como se esse grande mestre escolhesse mergulhar o espirito, já pleno de luz, em nossa natureza e puxá-la para cima e, assim, ela percebe a sua divindade interior. Vos sois Deuses. Eu moro dentro do Deus que mora dentro de mim. E para perceber isso só precisamos amar cada vez mais

Deuses e miseráveis

A natureza de Jesus Cristo é, de fato, a mesma natureza da humanidade. Sua divindade abraça nossa humanidade como nossa humanidade tem a divindade interior.

Somos deuses, em nosso potencial, mas miseráveis em nossa perspectiva. Subindo nossa consciência, percebemos o quão belo é o plano eterno do Pai de todos.

É muito importante continuar construindo a comunidade que apoiará o movimento. Dê a eles ferramentas, liberdade e liderança, multiplicando a visão do projeto em pessoas de boa vontade.

Vamos avançar dez anos em um novamente. Porque é necessário. E esteja preparado para a mudança, porque vamos mudar. Está na hora! Hoje é a hora certa.

Com meu amor e apoio, sempre por perto.

Pe. Robert DeGrandis


A ausência do amor tolhe a nossa perspectiva para pontos de vista reducionistas.

Eu costumo dizer que nunca é inteligente trabalhar apenas com um ponto de vista. Nossa falta de perspectiva nos faz experienciar um sofrimento que está para muito além daquilo que a realidade nos oferece. Sofremos por causa das perspectivas limitadas. Temos a potência de uma verdadeira estrela dentro de nós, mas nos limitamos a poeira cósmica.

Quando olhamos para um ser como Jesus, descobrimos dicas desse plano sobre nós, por isso é importante buscar ferramentas e liberdade para multiplicar essa visão de novo tempo que estamos vivendo. Enfim chegou o momento de educarmos e elevarmos a consciência da miséria das poucas perspectivas para a plenitude do nosso potencial.

E quando ele diz que vamos avançar dez anos em um, eu vejo que isso já está acontecendo. Vejam o quanto já avançamos em um ano de pandemia?

Mas não adianta avançar tecnologicamente, em processos e conexão, se não evoluímos em autoconsciência. E isso temos que superar urgentemente. É necessário trazer a consciência da divindade que nos habita.

Abraço forte!

Sempre avanti! Che questo è lá cosa piú importante!

Juliano Pozati


#Sintonia: Evoluir espiritualmente é entender isso


E se liga no Aulão de sábado, 19/12, das 9h às 11h, Caminhos para resolução de conflitos. Ativa o lembrete no YouTube!

Respostas