foi adicionado ao seu carrinho de compras.

Carrinho

Em nossa experiência cotidiana, experimentamos a realidade que nos cerca sempre repletos de sentimentos variados. Alguns deles nos tornam mais leves e integrados, outros nos paralisam e nos fazem sentir presos em ciclos viciosos. É o caso do medo. Mas como identificar sua causa e superá-lo?

É importante ponderarmos que o que sentimos nunca é o resultado de uma única e simples causa. “Sinto medo por causa de um trauma”, “sinto medo porque já fracassei”, “tenho um medo irracional que não sei de onde vem”Nossos sentimentos e a forma como experienciamos a vida são o resultado de uma complexa equação de causas e efeitos com variáveis multidimensionais. Eu costumo dizer brincando: Nunca uma coisa é só uma coisa. Uma coisa é sempre muita coisa ao mesmo tempo! (risos) Brinco dessa forma porque temos a mania de querer reduzir a uma única causa, a um único “culpado”, o que sentimos e a forma como experimentamos a vida. E esse reducionismo é limitante do ponto de vista de compreensão do ser humano e sua jornada  de vida.

Por isso mesmo, nem toda causa dos efeitos que sentimos na vida pode ser detectada na mesma dimensão em que nos sentimos existir.

O que sentimos pode ser resultado de:

  • Históricos pré-reencarnatórios;
  • Traumas de infância;
  • Situações dramáticas da vida, como perdas, separações, acidentes trágicos;
  • Podemos ainda estar passando por um processo de expansão de consciência onde a luz do conhecimento desperta sombras interiores, antes ignoradas;
  • Podemos estar influenciados pela psicosfera da sociedade onde estamos inseridos, da atmosfera espiritual que nos cerca…

Isso para citar alguma coisa vagamente. E para além de tudo isso, nossos sentimentos também podem ser influenciados pela cultura onde crescemos. A história das gerações que nos antecederam e os fatos históricos que as envolveram em sua jornada dizem muito sobre a forma como nós fomos educados para a vida. Sentimentos como o medo paralisante, por exemplo, podem receber muita influência daí.

Superar nossos próprios limites é sempre atender ao chamado dos mentores espirituais que nos desafiam a sair da embarcação “segura” de nossa zona de conforto para a agitação da dinâmica da vida, cheia de ondas, ventos e tempestades. Para que esse impulso seja realizado, duas elementos podem ser cruciais: Autonomia Filosófica e Espiritualidade Livre, duas bandeiras que nós levantamos no Círculo.

Por Autonomia Filosófica eu entendo a habilidade que precisamos desenvolver de pensar com nossa própria cabecinha, buscando nas diversas escolas do saber humano o conhecimento que faz sentido para nós e nos leve a prática do amor movimento. Amor movimento começa dentro de nós, se entende aos que nos cercam, ao ambiente onde vivemos, ao meio e ao Todo. É um fluxo dinâmico de realização que supera nossas paralisias interiores. O que eu sinto, o sinto por mim ou como resultado de influências externas que tenho permitido governar a minha vida?

Por Espiritualidade Livre compreendo a expressão multidimensional do nosso ser em seu caminho evolutivo, a partir de nossa habilidade nata de senso-percepção de outras dimensões para além da dimensão onde nos sentimos viver. Ou seja, compreendo a possibilidade de sintonia, conexão, comunicação e cocriação com seres e humanidades que estão para além da realidade espaço-temporal onde nos manifestamos.

Esses dois elementos são como prancha de surf e vento favorável diante das ondas da vida. Com Autonomia Filosófica transformamos ondas gigantes em curtição de surf. Com Espiritualidade Livre sentimos a brisa que nos orienta para as manobras mais improváveis diante do mar agitado. E assim vamos vencendo a cultura do medo para criar a cultura do empreendedorismo e da realização, superando nossos próprios limites, seguindo sempre avanti, che questo è la cosa più importante!

Abraço grande,

Juliano Pozati

[…]

◎ INSCREVA-SE no canal: http://bit.ly/ytcirculo

◎ INSTAGRAM: https://www.instagram.com/circulo.movimento

◎ FACEBOOK: https://facebook.com/circulo.movimento

◎ LIVROS: https://circulo.site/loja/

◎ CURSOS EAD: https://circulo.site/categoria-produto/cursos-e-assinaturas/

◎ PLATAFORMA DE ESTUDOS AVANÇADOS: https://circulo.site/faca-parte-do-circulo/

Juliano Pozati

Quem escreveu Juliano Pozati

JULIANO POZATI É ESCRITOR, DOCUMENTARISTA E ENTUSIASTA DE NOVAS IDEIAS QUE INSPIREM A SUPERAÇÃO DE PARADIGMAS OBSOLETOS NAS ÁREAS DE CIÊNCIA, FILOSOFIA, ESPIRITUALIDADE E EXOCONSCIÊNCIA.

Mais posts de Juliano Pozati

Participe da discussão sobre esta aula 3 Comentários

Faça seu comentário abaixo!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.