Total comprometimento mental com a causa que os reúne (Reunião 16)

Participantes: Priscila, Iasmine e Juliano
Data:
1 de fevereiro de 2018

 

COMUNICAÇÕES

Juliano (falando para Otto): Ficamos felizes em poder conversar e partilhar com a Natália, conhecer um pouco mais da sua experiência aqui na Terra. Gostaria de agradecer imensamente pela cooperação com Euvaldo a respeito do novo símbolo que você projetou aqui na mesa, e por todo esse intercâmbio que é possível participarmos e que tanto nos traz confiança e reforça nossa convicção.


José Carlos: Iasmine, minha flor! Eu sempre te falo mentalmente sobre a beleza do seu caminho e coração a despeito dos pequenos espinhos. Saiba que, mais do que nunca, te quero bem, com amor de pai espiritual. Segue confiante e nenhum momento nós te deixaremos só. Com amor eterno, Zé.


Olívia: Jesus sabia o que o aguardava quando foi para Jerusalém. Mas viu nisto um propósito maior. O sofrer deixa de existir na mesma medida de nossa consciência expandida rumo a novos horizontes. Guardem esse mistério saboroso nos seus corações. Com fraternal amor, Olívia.


Francisco: Boa noite! Irmãos meus, sinto sempre grande alegria quando visito esta casa. Sinto do plano espiritual o perfume que exala do seu amor e do seu propósito. Esta semana tive a grande bênção e privilégio de ouvir uma palestra do General a nos instruir sobre os esforços necessários para este ano. Esta convocação é uma grande oportunidade de trabalho e serviço de bem nestes tempos de transição. À minha flor*, peço que lhe digam apenas que a amo e que, ao seu lado, ainda sirvo a mesma causa de Jesus. Beijos a todos, Francisco.


General Uchôa: Meus jovens, são imprescindíveis os atos de fé neste caminho que vocês estão para trilhar ao longo deste ano. É imprescindível também o total comprometimento mental com a causa que os reúne em torno desta mesa e que faz deste projeto um verdadeiro cone onde as dimensões superiores se afunilam para se despejarem em bênçãos de conhecimento, movimento e transformação.


Juliano diz que sentiu ele longe, como se o visse na pirâmide. Iasmine confirmou.

 

COMENTÁRIOS

  • A Natália mencionada é Natália Marotta, tutora do Círculo no módulo sobre Jung.
  • A conversa sobre o símbolo para o prof. Euvaldo: Sempre foi e é motivo de grande alegria e admiração para nós quando as informações recebidas na mesa com a prancheta são confirmadas por indivíduos externos, sem qualquer contato constante com o nosso grupo. Isso reforça a nossa confiança no fenômeno e no intercâmbio com pessoas multidimensionais e seres de humanidades extraterrestres.
  • José Carlos é mentor espiritual de Iasmine, parceira de conteúdo da empresa no início do Círculo.
  • Francisco comenta sobre uma palestra que ele assistiu com o General Uchôa no plano espiritual onde habita. A mensagem foi seguida por uma clarividência onde se podia distinguir um auditório com 300 pessoas aproximadamente e uma colossal tela de cristal, onde a presença do general era holograficamente materializada, por assim dizer. O evento parecia estar acontecendo simultaneamente em diversas realidades distintas.
  • Quando Francisco menciona “minha flor”, está falando de Isabel, nossa amiga da Casa do Irmão Cravo de São Paulo. Ambos eram casados na ocasião da partida de Francisco para o mundo espiritual!

Respostas