Você já foi iniciado?

Uma iniciação é quando você integra um conhecimento e vive ele. Não basta ter acesso ao conteúdo. 

Hoje quero falar sobre eventos iniciáticos. Retiros, encontros espiritualistas, cursos, viagens… A grande pergunta é: e dai, o que acontece depois deles? Você volta super animado, mas no dia a dia, segue tudo igual. Certo? Pois aí que comecei a questionar essas experiências.

O conceito de iniciação no âmbito espiritualista está relacionado a eventos e/ou experiências que te movem de um patamar de consciência para outro.

Comparando a jornada evolutiva com uma escada temos: patamar, salto, patamar, salto… Uma iniciação é quando você integra um conhecimento e vive ele. Não apenas quando tem contato com a informação.

São nesses “eventos iniciáticos” que a sua consciência acessa uma porção nova do conhecimento e isso é integrado em você. O patamar (parte plana da escada) é o período em que você está assimilando os novos conteúdos, porque a vida não pode ser feita apenas de saltos (parte vertical da escada).

Maratonar vídeos no YouTube, por exemplo, é legal, mas você vai precisar de um tempo para assimilar tudo de forma harmoniosa. E cada fase da vida é marcada por períodos de transição em que dois paradigmas convivem. Um salto bem sucedido, precisa ter esse momento de convivência entre os paradigmas. Eles precisam conversar de forma sadia. Assimilar e integrar o conhecimento passa pelas chaves da coerência e consistência ao longo do tempo.

Um “evento iniciático” é muito legal, mas às vezes você sai com uma agonia de querer realizar. E então vêm as crenças limitantes que, como já estudamos, se formam por eventos marcantes e/ou repetição.

E aqui  está o segredo: a fé empoderante em você mesmo também nasce de eventos marcantes e/ou repetição. Isso porque quando você quer passar para um novo patamar, não basta só o evento, é preciso desenvolver a repetição, pois é nesse momento que você muda quem é, e a forma como age. Mas muitas vezes somos impedidos de agir, porque nossa cabeça é uma bagunça. E como avançar? Colocando ordem no seu pensamento com ferramentas.

Foco. Fazer uma lista. Elencar prioridade ( no singular). Fazer uma coisa de cada vez. Crença limitante e fé empoderante são iguais em natureza, mas diferentes em grau.

Você participou ou teve um momento/evento iniciático. Show. Agora precisa tempo para assimilar a iniciação e, através da coerência e consistência, integrar essa evolução na vida.

Por que esse processo é importante?

Penso, logo eu sou, e se sou, logo eu faço…Aquilo que você tem é resultado do que pensa…Observe o que você tem na vida hoje que te agrada. E o que te desagrada também. São resultados do que você pensa, é e faz.

E assim, com ferramentas de compreensão a gente ordena a mente para ter domínio sobre ela. E então dominamos quem nos somos, o que fazemos e o que temos.

Abraço grande,

Sempre avanti! Che questo è lá cosa piú importante!

Juliano Pozati


Gostou? além de ler, quer ouvir podcasts sobre espiritualidade livre e autoconhecimento?  Segue o Spotify do Círculo

Respostas

  1. Sempre alerta e sempre avante!
    Tenho adquirido muitos conhecimentos no Círculo, refletindo e reouvindo áudios e vídeos, é muito bom, gosto de te ouvir, dou risada junto, acho muito genial, muitas sacadas!!!
    Sou grata por te encontrar…
    “QUEM ELEGE A BUSCA, NÃO PODE RECUSAR A TRAVESSIA” Guimarães Rosa
    Sempre achei a vida desafiadora e cada vez mais linda!! Graças a muitas #confirmações!
    Boa noite e sempre avante!! Adoro esse Círculo e tudo que tenho aprendido nele!